Newsletter

subscrever

Iluminação

São muitas as famílias que fazem da cozinha o centro social da casa e uma iluminação adequada vai evitar dores de cabeça ou excessivo esforço dos olhos causados por uma luz muito forte ou muito fraca.

A iluminação das cozinhas deverá ser dividida em dois pontos fundamentais: iluminação geral e iluminação direccionada ou de trabalho.

Nas cozinhas a iluminação geral deve ser utilizada para dar luz á cozinha sem focar nenhum ponto em concreto, ou seja, iluminar a cozinha como um todo.

A iluminação direccionada deve iluminar os pontos de trabalho, como são o caso das placas, lava loiça, bancadas de trabalho, mesas de refeições, ou seja, que ilumine as zonas onde é efectuado trabalho especifico.

Os candeeiros de formas mais simples acumulam menos pó e são mais fáceis de limpar.

Algumas lâmpadas por debaixo dos armários, sobre a bancada, podem facilitar o trabalho.

Pequenos focos de luz distribuídos pelo tecto dão à cozinha uma irradiação suave.

Use lâmpadas economizadoras de energia